NOTÍCIAS

12 DE MAIO DE 2022
Dia da Memória: Judiciário mostra sua história para a sociedade 

A história que a Justiça conta da construção da sociedade brasileira e os caminhos pelo qual o Poder Judiciário passou até chegar à era da tecnologia e sua adequação às constantes mudanças sociais é o objetivo do Dia da Memória, celebrado na terça-feira (10/5). Em alusão à data, os tribunais realizam neste mês programações on-line e presenciais, que podem ser conhecidas na agenda nacional de eventos.

Os diálogos do Judiciário com as lutas sociais estão estampados em partes históricas de grandes julgamentos, da instauração da Justiça nos estados e na preservação de documentos, manifestos e lembranças. O foco é resgatar, preservar, valorizar e divulgar o patrimônio histórico do Judiciário por meio de eventos que envolvem o público em geral.

No Tribunal Superior do Trabalho (TST), por exemplo, a exposição virtual permanente “1° de Maio: Diálogo entre lutas e conquistas” propicia ao público uma viagem histórica, a partir dos movimentos de trabalhadores e trabalhadoras dos séculos XIX, XX e XXI. Ela retrata a evolução do trabalho e do Direito do Trabalho no mundo ocidental e as implicações desses movimentos na consolidação da legislação trabalhista no Brasil.

Em Minas Gerais, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) lançou, no dia 10 de maio, a Campanha de Arrecadação de Documentos e Objetos para o acervo histórico da Justiça Eleitoral, com o tema “A memória multiplica quando compartilhada”. No dia 20 de maio, o órgão recebe os alunos do ensino fundamental de Belo Horizonte no Projeto “Trem da História”, com palestras educativas, experimentação da urna eletrônica e visitas guiadas ao Centro de Memória da Justiça Eleitoral de Minas Gerais.

O Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), em parceria com os Tribunais Regionais do Trabalho (TRT8) e Eleitoral (TRE-PA), promoverá, no dia 19 de maio, o encontro “A Magia do Museu Judiciário” com alunos do ensino fundamental. Na programação, estão previstos o teatro de fantoches “A Dona Onça e a Justiça”, contação da história “Uma doce lembrança da história de Agnano Monteiro Lopes” e visita animada ao prédio histórico “Lauro Sodré”.

Os tribunais que ainda quiserem cadastrar seus eventos na agenda do Proname devem enviar informações como nome da programação, dia de realização, links para inscrição e acesso, entre outras, para o e-mail proname@cnj.jus.br. É possível cadastrar eventos a serem realizados até o último dia de maio.

Leia mais: 1ª edição do Prêmio Memória do Poder Judiciário recebe mais de 100 inscrições

Dia da Memória

Comemorado no dia 10 de maio, o Dia da Memória celebra o Patrimônio Cultural construído pelo Poder Judiciário desde o Brasil Colônia. A data faz referência ao alvará de 10 de maio de 1808 de D. João VI, que criou a Casa da Suplicação do Brasil, que foi a precursora do Supremo Tribunal Federal no Brasil, já que a iniciativa simboliza uma espécie de independência da Justiça brasileira em relação à portuguesa. Essa independência judiciária antecedeu a política de 1822 em mais de quatorze anos. Com a criação da Casa da Suplicação do Brasil, a maior parte dos recursos de apelações e agravos passou a ser julgada no Rio de Janeiro e não mais em Lisboa.

Lenir Camimura
Agência CNJ de Notícias

Macrodesafio - Fortalecimento da relação interinstitucional do Judiciário com a sociedade

The post Dia da Memória: Judiciário mostra sua história para a sociedade  appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Portal CNJ

02 DE JULHO DE 2022
Justiça do Trabalho do Maranhão autoriza concurso público para servidores

No dia 20 de junho, o Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT16) autorizou a realização de...


Portal CNJ

02 DE JULHO DE 2022
Tribunal do Pará implanta nova versão do PJe para integrar à Plataforma Digital

O Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) vai disponibilizar, a partir de segunda-feira (4/7) a nova versão do sistema...


Portal CNJ

02 DE JULHO DE 2022
Tecnologia na Justiça garante transparência e acesso a direitos

A tecnologia ganha importantes funções na Justiça, passando pelo processos on-line até a reinserção social de...


Portal CNJ

02 DE JULHO DE 2022
Inscrições para casamento comunitário LGBTQIA+ no MA vão até 22 de julho

Começaram na terça-feira (28/6), as inscrições para o primeiro casamento comunitário gratuito para a comunidade...


Portal CNJ

02 DE JULHO DE 2022
Judiciário paulista sedia debates sobre Justiça 4.0 e Plataforma Digital

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) sediou, na quinta-feira (30/6), encontro para discutir as ações do...


Portal CNJ

02 DE JULHO DE 2022
Projeto multilíngue leva cidadania e democracia à aldeia indígena em MT

A primeira aldeia indígena em Mato Grosso a implementar o turismo de convivência social também é a primeira a...


Anoreg RS

01 DE JULHO DE 2022
Migalhas – Seminário online – Lei 14.382 e seus impactos no Direito Imobiliário (MP 1.085)

Migalhas realiza o evento sobre a aprovação da MP 1.085 e seus impactos no Direito Imobiliário.


Portal CNJ

01 DE JULHO DE 2022
Representantes de tribunais atualizam regras para sistemas de gestão de documentos institucionais da Justiça

Um grupo de trabalho formado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com representantes de diferentes tribunais de...


Portal CNJ

01 DE JULHO DE 2022
Justiça julgou quase 200% a mais de casos de feminicídio em 2021

Quase 2 mil casos de feminicídio e de tentativa de assassinato de mulheres foram levados à julgamento em 2021, um...


Anoreg RS

01 DE JULHO DE 2022
Arpen-Brasil promove live sobre mudanças em decorrência da lei federal 14.382/2022

A transmissão ocorrerá na segunda-feira (04), às 19h, no canal da Arpen-Brasil no Youtube