NOTÍCIAS

14 DE MAIO DE 2022
Visita de historiador encerra programação da Semana da Memória do TJBA

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) convidou o historiador Rafael Dantas para conhecer a Biblioteca do Fórum Ruy Barbosa, a fim de celebrar o legado do Judiciário baiano e promover diálogos sobre a importância da preservação da história. A visita encerra a programação especial da Semana da Memória do Judiciário no TJBA.

Ele foi recebido pela juíza Márcia Denise Mineiro Sampaio Mascarenhas, integrante da Comissão Permanente de Memória do TJBA, e participou de visita guiada no Fórum Ruy Barbosa e no Memorial Gérson Pereira. Segundo Rafael Dantas, pensar a memória do Judiciário requer, necessariamente, lembrar da importância da Cidade de Salvador, sobretudo, ao longo do início do século XVII até meados do século XVIII.

“O Tribunal da Relação desempenhou importância fundamental em todos os processos ligados ao panorama jurídico do contexto brasileiro. Do ponto de vista da memória, que está presente nesses lugares, poderíamos destacar toda uma coleção de documentos, de processos e legislação, entre outros tantos artefatos daquele período, que mostram um panorama rico para compreender a sociedade brasileira em cada um desses momentos”, explica o historiador.

Rafael Dantas também destacou a importância de realizar esse resgate histórico como uma forma de preservar e compreender a identidade do Brasil e seu povo. Ele pontuou que os documentos guardados no Fórum são um patrimônio não apenas para pesquisadores e instituições acadêmicas e jurídicas, mas para a sociedade brasileira como um todo. Em suas palavras, assim como recorremos aos arquivos antigos, os documentos que produzimos hoje serão fonte de pesquisa para as gerações futuras quando buscarem entender essa época.

Rafael Dantas é formado em História pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e realiza mestrado na mesma instituição. Ele pesquisa na área de cultura material e iconografia, com ênfase na divulgação da Cidade do Salvador e Bahia no Brasil e no mundo, durante os séculos XIX e primeiras décadas do século XX.

Semana da Memória

Em homenagem ao Dia da Memória do Poder Judiciário, celebrado em 10 de maio, o TJBA realizou programação de notícias multimídia para aproximar a população da história e do rico legado do Tribunal baiano. A data objetiva conferir maior visibilidade à Memória da Justiça brasileira e à importância do resgate, preservação, valorização e divulgação do seu patrimônio histórico.

Leia mais:

Fonte: TJBA

Macrodesafio - Fortalecimento da relação interinstitucional do Judiciário com a sociedade

The post Visita de historiador encerra programação da Semana da Memória do TJBA appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Portal CNJ

05 DE JULHO DE 2022
Aplicação de penas alternativas envolve disciplinas além do direito

O debate sobre a aplicação de penas alternativas aponta para a necessidade da interdisciplinaridade do direito,...


Portal CNJ

05 DE JULHO DE 2022
Revista CNJ: artigo destaca a relevância das habilidades emocionais de magistrados

Artigo publicado na 1ª edição de 2022 da Revista Eletrônica do CNJ intitulado “Habilidades socioemocionais e o...


Portal CNJ

05 DE JULHO DE 2022
Artigo – Justiça 4.0: uma nova onda de acesso à Justiça

Artigo publicado originalmente no Jota, em 4 de julho de 2022 Valter Shuenquener de Araújo*, Anderson de Paiva...


Portal CNJ

04 DE JULHO DE 2022
Corte IDH: Começa a ser elaborado plano para adequação de presídio no RJ

O grupo de trabalho interinstitucional criado para desenvolver medidas que adequem o presídio Instituto Penal...


Portal CNJ

04 DE JULHO DE 2022
Tribunais mostram experiências na preservação de arquivos digitais

A preservação da memória e do conhecimento gerado pelo Judiciário depende da implantação eficaz do...


Portal CNJ

04 DE JULHO DE 2022
Consultorias vão avaliar tecnologia e combate à corrupção e à lavagem de dinheiro

Pode ser enviadas, até a próxima segunda-feira (11/7), propostas de consultoria para realização de pesquisas...


Portal CNJ

04 DE JULHO DE 2022
Obras raras digitalizadas garantem acesso à memória do Brasil

A Biblioteca da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj) é o sonho de qualquer pesquisador. Uma...


Anoreg RS

04 DE JULHO DE 2022
Trisais: ‘Estado não pode se colocar contra essa realidade’, diz advogado

Relacionamentos não monogâmicos não são permitidos dentro da constituição brasileira.


Anoreg RS

04 DE JULHO DE 2022
Folha de S. Paulo – Justiça derruba decisão que reconheceu união entre Jorge Lafond, a Vera Verão, e seu empresário

Tribunal decidiu que, apesar de provas indicarem que os dois tiveram um caso, não ficou demonstrada intenção de...


Anoreg RS

04 DE JULHO DE 2022
Clipping – O Dia – Suíça celebra primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo

A Suíça celebrou nesta sexta-feira (1°) o primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo.